Arquivo para junho \30\UTC 2009

Kosovo é admitido como Estado-membro no Banco Mundial e no FMI

 

João H. R. Roriz

 Kosovo se tornou o 186º membro das instituições de Bretton Woods – o Banco Mundial e o Fundo Monetário Internacional. Com certeza este é um marco significativo para aqueles que advogam o reconhecimento da independência autoproclamada do país. A capacidade de participar do cenário internacional tem como um dos seus maiores demonstrativos a condição de membro ativo de Organismos Internacionais – condição reservada apenas a Estados.

 Todavia, ainda se espera uma decisão sobre a legalidade da independência de Kosovo pela Corte Internacional de Justiça. O caso que está sendo analisado pela Corte foi fruto de manobra diplomática da Sérvia na Assembléia Geral da ONU que, mesmo com os mais altos protestos de países que apóiam a independência de Kosovo, (principalmente países europeus e os EUA), colocou a questão para Corte. Diga-se de passagem que se tais países não tivessem receios sobre a legalidade da proclamação de independência, não deveriam ter se colocado contra o envio da questão para a Corte…

 Bom, agora resta esperar a Corte se pronunciar sobre o caso. Caso se conclua que o processo de independência não foi legal, vai ficar feio para o FMI e o Banco Mundial…