Tribunal Especial para o Líbano manda soltar generais

João H. R. Roriz

Nota rápida.

Conforme outro texto publicado aqui o Tribunal Especial para o Líbano começou a funcionar este ano. Suas instalações ainda são extremamente precárias e algumas sessões acontecem provisoriamente em um prédio que era usado como uma academia pela polícia holandesa. Todavia, decisões e ordens já começam a ser proferidas pela corte.

 Na semana passada o tribunal decidiu – a pedido do Procurador – pela soltura de quatro generais acusados de envolvimento no assassinato de Rafiq al-Hariri em 2005. A promotoria tinha recebido o material sobre os generais da Comissão Independente de Investigação e após analisá-lo, concluiu que não havia provas suficientes para manter os acusados na prisão.

 Os generais tinham sido mantidos presos por 4 anos pelas autoridades libanesas sem qualquer acusação formal, em clara violação dos direitos humanos. Tinham sido recentemente transferidos pela custodia do Tribunal Especial e o Procurador-Especial, Daniel Bellemare, considerou que as provas apresentadas a ele eram insuficientes para manter os quatro generais presos, mas ao mesmo tempo reiterou que os mesmos acusados podem voltar ao banco dos réus mais tarde caso novas provas sejam apresentadas.

1 Response to “Tribunal Especial para o Líbano manda soltar generais”


  1. 1 Lucas 05/05/2009 às 9:10

    mas e aí, quer dizer que agora não há mais qualquer suspeito de envolvimento no caso?

    grande burrada deste promotor, que devia ter investigado mais esses generais antes de mandar soltar.

    agora provavelmente ninguem pega eles de novo!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





%d blogueiros gostam disto: